Carregando

Instalação de Forro de Drywall





Telefones: (11) 2228-9296 - 3941-2800 / WhatsApp: (11) 98472-9510

O gesso comum ainda é muito utilizado no Brasil, mas o mercado já conta com um substituto que oferece muito mais vantagem que é a instalação de forro drywall. A técnica de drywall, também chamada de gesso acartonado, nasceu nos Estados Unidos mas tem se popularizado em outros países, ganhando muitos adeptos no Brasil por conta das suas diferenças em relação ao gesso comum. Se o gesso convencional é instalado através de placas chumbadas com massa de gesso e sisal, o forro de drywall tem sua estrutura de gesso em volta de camadas de papel e são parafusadas em uma estrutura de perfis de aço.

Comparação entre forro de gesso e forro de drywall

O processo de instalação de forro drywall não é a única diferença entre os materiais, há outros fatores que podem ser comparados. Entre eles a facilidade de colocação. Enquanto o gesso comum faz muita sujeira na hora da aplicação, o forro de drywall se destaca por ser um processo mais simples e que não gera sujeira. As placas vêm prontas para a fixação, nos perfis de aço. No final do trabalho, porém, é preciso aplicar massa e finalizar com uma pintura. Todavia, há várias razões para optar pela instalação de forro drywall. Entre elas citamos:

• Não trinca - Ao contrário do gesso o drywall não cria rachaduras;
• Proteção termo-acústica - Com a instalação de lã de vidro é possível criar ambiente com controle de ruídos e temperatura no forro de drywall;
• Reparo rápido - Se for necessário fazer reparos no forro, o tempo de trabalho é muito menor que os reparos em forro de gesso;
• Pode ser usado em grandes áreas - pavilhões, auditórios, casas sem laje e outros imóveis também podem utilizar forro de drywall;
• Tempo de secagem - O gesso comum demora até uma semana para secar, o drywall fica pronto em um dia;
• Mudança de cor - o drywall não muda de cor com o passar do tempo, enquanto que o gesso comum tende a ficar amarelado.

Como fazer a instalação de forro drywall
Agora que você já sabe que a instalação de forro drywall é muito mais vantajosa que o gesso comum, é hora de pesquisar materiais de alta qualidade e contratar uma equipe especializada para realizar o serviço. Oferecemos peças de drywall de alta qualidade, produtos que farão total diferença no seu imóvel e te ajudarão a ter um forro feito com um processo moderno e de fácil instalação. Entre em contato agora mesmo com o nosso atendimento para saber sobre preços da instalação de forro de drywall.

Vale a pena utilizar o Dry Wall em questão econômica?

Com certeza. O processo completo da instalação é orçada com exatidão, evitando custos extras e sujeira adicional. A menor espessura do material aumenta a área útil, fazendo com que as reformas sejam mais fáceis e completas. Além disso, ele permite conforto e praticidade.

O que é o Drywall?

Dry wall é um sistema construtivo que não utiliza argamassa, sendo constituído por um perfil metálico, isolamento e placas de gesso acartonado. Em inglês, significa “parede seca”. Os perfis metálicos são responsáveis pela função estrutural e sustentam a estrutura completa. O isolamento é opcional, feito de lã mineral e inserido como um sanduíche na parede, garantindo conforto térmico e acústico. Já o gesso acartonado são as lâminas de gesso que fecham a construção.

Existe diferença entre Dry Wall e gesso normal?

Sim, o Dry Wall é feito em aço galvanizado, o que garante uma maior resistência se comparado ao gesso comum, muito frágil à movimentação das edificações.

O que não pode ser feito com ele?

Destinado apenas a áreas internas, não suporta intempéries, nem apoia carga de telhado ou laje. Nesse caso, o ideal seria empregar o sistema steel frame, ou seja, perfis estruturais de aço fechados por fora com chapas cimentícias ou OSB. Alguns fabricantes lançaram painéis que utilizam as placas de cimento externamente e o drywall por dentro, cumprindo essa função. Outra restrição é o emprego em saunas, por causa do vapor constante.

Que acabamentos ele aceita?

Não há proibições, mas cada opção requer cuidados específicos. Para a pintura, indica-se aplicar massa para drywall e tinta acrílica ou látex PVA. Revestimentos cerâmicos são fixados com argamassa colante própria. Já as pedras pesadas pedem cantoneiras a fim de distribuir as cargas nos montantes.